Tradutor

English French Spain

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Parque Nacional da Lagoa do Peixe recebe Festival Brasileiro das Aves Migratórias


Foto: Roberto Fukuda

Oportunidade rara para conhecer e observar espécies únicas, evento receberá turistas, comunidade local, fotógrafos e pesquisadores em uma vasta programação com atividades para adultos e crianças

Especialistas de diversas partes Brasil e do mundo estarão reunidos no município gaúcho de Tavares para contemplar e estudar o rico universo das aves migratórias. É o 13º Festival Brasileiro das Aves Migratórias, que acontece de 26 a 28 de outubro, e convida toda a comunidade e turistas para celebrar, observar e conhecer  essas diversas espécies de aves e a conservação da biodiversidade.

O principal local de realização do evento é o Parque Nacional da Lagoa do Peixe – unidade de conservação ambiental localizada na península da Lagoa dos Patos, que abrange os municípios de Tavares e Mostardas. Reconhecido internacionalmente, o parque tem mais de 270 espécies de aves registradas, como o cisne de pescoço preto, o coscoroba, talha-mar, e maçaricos, entre outras. A ave símbolo do Parque, o flamingo, vem do Chile todos os anos, no inverno, em busca de descanso e alimento. Migratórias ou residentes na região, as aves alimentam-se dos diversos microorganismos que vivem na Lagoa, e encantam a população local e turistas com sua beleza e hábitos de vida. Esse precioso ambiente contido dentro do Parque é protegido por lei, que proíbe práticas de exploração comercial no local.
O festival apresentará uma vasta programação dentro do Parque e na cidade de Tavares, com destaque para as saídas guiadas para observação de aves, uma chance para a comunidade local e turistas conhecerem mais sobre a importante avifauna no Parque Nacional da Lagoa do Peixe. Além disso, o festival inclui diversas opções de entretenimento, oficinas para adultos e crianças, atividade de ecoturismo, apresentações artísticas como um baile de encerramento no dia 28/10, e contará com a presença de cientistas (da área de meio ambiente e biologia) que vão compartilhar o seu conhecimento por meio de palestras abertas ao público visitante.

A programação completa do Festival Brasileiro de Aves Migratórias pode ser conferida no site da Prefeitura de Tavares: http://www.tavares.rs.gov.br/site/ e no blog do Parque Nacional Lagoa do Peixe: 
O evento, que conta com a promoção da Sociedade para a Conservação das Aves do Brasil (SAVE Brasil) - organização sem fins lucrativos para a conservação das aves brasileiras, é organizado pela Prefeitura Municipal de Tavares e pelo Parque Nacional da Lagoa do Peixe/Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e conta com o apoio do Roteiro Lagoa do Peixe e Sebrae/RS.

Roteiro Lagoa do Peixe 
 As riquezas naturais do município de Tavares, situado entre o Oceano Atlântico e a Lagoa dos Patos, no litoral do Rio Grande do Sul, são a grande atração do roteiro que exalta as belezas do Parque Nacional da Lagoa do Peixe. A presença constante de pássaros e aves que se alimentam das espécies da lagoa transformou o destino em um dos dois principais locais do Brasil perfeito para a observação de aves residentes e migratórias, como o flamingo, o colhereiro ou os patos selvagens do hemisfério norte. O visitante contemplativo é ainda amparado por um pool de serviços como restaurantes, pousadas e comércio de Tavares, que fazem da Lagoa do Peixe um roteiro completo. 

Mostardas e Tavares têm o maior patrimônio de faróis históricos do litoral gaúcho, com construções que datam dos séculos XIX e XX, e que ainda guiam e servem de base de serviços para viajantes por terra e mar. A região tem uma culinária baseada no cultivo e pesca do camarão. A própria Lagoa do Patos, que margeia as duas cidades, é ainda uma outra opção para relaxamento, banho e a prática de esportes náuticos.

Raphaela Donaduce Flores
Jornalista

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Programação do XIII Festival Brasileiro das Aves Migratórias

Programação

26 A 29 DE OUTUBRO DE 2017 / TAVARES – RS

26/10/17 - QUINTA-FEIRA LOCAL: PRAÇA CENTRAL
15h as 18h – Recepção e informações aos visitantes na Praça Central – Secretaria Municipal de Turismo e ICMBio
 18h as 19h – Abertura Oficial do Evento
19h - Apresentação cultural na Praça Central - Teatro com Música de cantor local – Flávio, “Sinfonia do Litoral”

PALESTRAS
LOCAL: CÂMARA DE VEREADORES - Avenida Antonio da Costa Menezes, nº 229
19h30min – Mesa Redonda: “Aves Migratórias e seus diferentes ambientes -  Conservação da Biodiversidade”

27/10/17 - SEXTA-FEIRA 
08h às 08h30min – Recepção aos visitantes e informações aos turistas na Praça Central – Secretaria Municipal de Turismo
09h às 12h – “Oficina de Infraestrutura para Turismo de Observação de Aves” – Bióloga Tietta Pivatto. Local: Escola Estadual Edgardo Pereira Velho.
 13h às 17h - Saída de campo – “Observação de Aves no Parque Nacional da Lagoa do Peixe / PNLP”
Saída: Praça Central de Tavares, em frente à Secretaria Municipal de Turismo
OBS: Inscrições por ordem de chegada, lotação de 30 lugares. R$ 10,00 / pessoa.
17h – Chimarreada na Praça

XIII FEBAM – PALESTRAS SEXTA-FEIRA
Local: CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES Avenida Antonio da Costa Menezes, nº 229
19h – “Como consolidar o Segmento da Observação de Aves na Região da Lagoa do Peixe – Estrutura e Sazonalidade” – Guto Carvalho / Coordenador AVISTAR BRASIL – SP
 19h30min – “Passarinhar Muda o Mundo” – Dr. Luciano Lima / Ornitólogo Pesquisador Instituto Butantã – SP 
20h – “Aves Pelágicas e Migratórias – Albatrozes, petréis e skuas: Visitantes do Sul” – Fábio Olmos / Biólogo, Observador de Aves (Internacional)
20h30min – “Regras para a Aproximação das Aves” – Profª. Drª. Bianca Vieira (Ornitóloga) – Universidade de Glasgow (Reino Unido)     
21h – “Merlin – Inteligência Artificial identificando aves no seu smartphone” – Físico / Mestre em Ecologia – Bruno Arantes Bueno – Cornell Lab of Ornithology
 21h30min – Apresentações Artísticas e Culturais -  Pavilhão Central.

28/10/17 - SÁBADO
09h às 12h – “Oficina de Observação de Aves para Iniciantes” – Ornitólogo Dr. Luciano Lima – Instituto Butantã. Local: Escola Estadual Edgardo Pereira Velho.
13h às 17h - Saída de campo – “Observação de Aves no Parque Nacional da Lagoa do Peixe / PNLP”
Saída: Praça Central de Tavares, em frente à Secretaria Municipal de Turismo
OBS: Inscrições por ordem de chegada, lotação de 30 lugares. R$ 10,00/ pessoa.
17h – Chimarreada na Praça

XIII FEBAM – PALESTRAS Local: CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES Avenida Antonio Costa Menezes, nº 229
 19h – “Oportunidade para a Pecuária Sustentável em Ambientes Frágeis” – Jamir Luis Silva da Silva – Pesquisador da EMBRAPA – Clima Temperado / Pelotas
 19h30min – “Projeto Botos da Lagoa dos Patos” – Dr. Pedro Fruet / Biólogo Pesquisador FURG
20h – “Quais cuidados devemos ter com as aves limícolas e migratórias nas praias” – Dra. Juliana Bosi de Almeida / Bióloga – Pesquisadora SAVE BRASIL
20h30min – “Observadores!!!! Seguindo a Rota das Aves” – Bióloga / Escritora Tietta Pivatto - Maritaca / MG
 21h – “Encontros e Exemplos – III PASSARINHANDO POR AÍ!!!! “Um Milhão de Observadores” – Guto Carvalho e Convidados Especiais
 21h30min – Encerramento do Festival
22h - Apresentações Artísticas e Culturais – Praça Central

29/10/17 – DOMINGO 
 Livre para atividades independentes no Município de Tavares/RS e região

OBS: Programação Sujeita a alterações 

INSCRIÇÕES PARA AS OFICINAS

https://goo.gl/forms/jVVhrwv1P6iCsZp93 


Maiores informações:
(51) 3674-1637 - Sec. Turismo Tavares RS
(51) 3673-2435 - Parque Nacional da Lagoa do Peixe

XIII Festival Brasileiro das Aves Migratórias




quarta-feira, 27 de setembro de 2017

1ª Semana Municipal da Água de Mostardas 28 de setembro a 07 de outubro de 2017



Programação


Data
Atividade
28/09
Encontro sobre Biodiversidade
III Feira de Sementes Crioulas do Litoral Médio
Local: Associação Comunitária Quilombola dos Teixeiras
Horário: 9h30
30/09 
Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial 
Local: auditório Municipal Dr. Mathias Velho 
Horário:  8h às 17h
02/10 
Mostra de Trabalhos na Sede do ICMBio (PARNA Lagoa do Peixe) 
Local: Praça Central 
Horário: 09h às 12h 
                14h às 18h
Ato de envio à Câmara de Vereadores do PL que Instituí a Semana Municipal da Água no Município de Mostardas 
Local: Prefeitura Municipal de Mostardas 
Horário: 16h

03/10 
Sessão de Cinema  
Local: Praça central sede do ICMBio (PARNA Lagoa do Peixe) 
Manhã 
9h - Ciclo da água - duração 6min50s 
9h15min - Filme infantil - Turma da Mônica em Um Plano para Salvar o Planeta - duração 25min35s 
Tarde  
14h15min -Ciclo da água - duração 6min50s 
14h30min – Filme infantil - Turma da Mônica em Um Plano para Salvar o Planeta - duração 25min35s – com pipoca gratuita 
16h - Biomas Brasileiros - duração 17min06s – com pipoca gratuita 
 Noite 
Cinema na Praça com pipoca e erva mate gratuita 
19h – Filme Netto e o Domador de Cavalos - duração 1h33min50s 
Traga sua cadeira e seu chimarrão 

04/10 
Sessão de Cinema  
Local: Praça central sede do ICMBio (PARNA Lagoa do Peixe) 
Manhã 
9h -  Peixonauta, O caso da água que fugiu - duração 12min35s 
9h30min – Biomas Brasileiros - duração 17min06s 

Tarde  
14h- Por que precisa economizar água - duração 5min 
14h10min – Peixonauta, O caso da água que fugiu - duração 12min35s -com pipoca gratuita 
14h30min- O Homem e a Natureza - À procura de água - duaração39min17s 
15h40min - Planeta Terra, Brasil Selvagem - Pantanal - duração 43min59s – com pipoca gratuita 
Noite 
Cinema na Praça com pipoca e erva mate gratuita 
19h – Filme OS SENHORES DA GUERRAnarra a história verídica dos irmãos Julio e Carlos Bozano, jovens da elite gaúcha no início do século XX, cultos, unidos por profunda amizade, que se enfrentam em lados opostos na guerra civil de 1924, no Rio Grande do Sul.

Traga sua cadeira e seu chimarrão 

05/10 
Palestras no Auditório Municipal Dr. Mathias Velho 
Tema:  Da natureza até a torneira: O caminho da água
Manhã: 9h 
Palestrante: Bióloga Débora Camacho Luz de São Lourenço do Sul/RS

Tema:  Da natureza até a torneira: O caminho da água. 
Tarde: 14h
Palestrante: Bióloga Débora Camacho Luz de São Lourenço do Sul/RS

Tema:  Da natureza até a torneira: O caminho da água. 
Tarde: 19h
Palestrante: Bióloga Débora Camacho Luz de São Lourenço do Sul/RS

06/10 
VIII Simpósio Brasil Alemanha – Recepção e visita no Parque Nacional da Lagoa do Peixe 
07/10 
Feira Ecológica 
Horário: 7h às 13h
Local: Rua 11 Abril 356 – frente STR Mostardas












































































Observação: Programação sujeita a alterações.



sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Aves no Parque

Dia de censo de aves, muito produtivo no Parque em meio a chegada das espécies do hemisfério norte, para somar com as residentes.......




Fotos: Arquivo do PNLP.



sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Equipe do CECLIMAR reunida na sede do Parque Nacional da Lagoa do Peixe

Equipe do Parque Nacional da Lagoa do Peixe, reunida com o Secretário de Planejamento e Meio Ambiente de Mostardas e com equipe do Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos - CECLIMAR. Reunião com o intuito de auxiliarmos no convênio que será formado, aumentando o conhecimento sobre a nossa região, repassando-os para a sociedade!


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Jornada pelos principais sítios Ramsar da América do Sul



Hoje tivemos a visita do pesquisador Charles Tebaldi, que está iniciando uma jornada em que irá percorrer alguns dos principais sítios Ramsar da América do Sul de bicicleta! Você pode acompanhar a viagem dele no blog Biciafuera: https://biciafuera.wordpress.com Ficamos honrados de ser um dos sítios Ramsar visitados, o que só aumenta ainda mais a importância deste local único que é o Parque Nacional da Lagoa do Peixe. Obrigado Charles, e boa viagem!" #preserveopnlp

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Centro de visitação recebe alunos da Escola Municipal Marcelo Gama

O centro de visitação do Parque Nacional da Lagoa do Peixe recebeu hoje dia 11/09 uma turma de alunos da segunda série da Escola Municipal Marcelo Gama de Mostardas/RS.




quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Dia Mundial das Aves Limícolas Migratórias

No Dia Mundial das Aves Limícolas Migratórias, comemorado nesta quarta-feira (06/09), especialistas alertam para o declínio acentuado das populações nos últimos anos. Patrimônio comum de diversos países por onde passam ao longo do ciclo de vida, protegê-las requer esforços e acordos internacionais. 
No país, essa missão é capitaneada pelo Ministério do Meio Ambiente e vinculadas.
As aves limícolas migratórias são espécies que têm pernas mais altas e bicos mais compridos para se alimentar de pequenos animais que se enterram na areia ou estão na superfície da água. Elas realizam anualmente as mais extensas migrações internacionais e são consideradas patrimônio dos países por onde passam. Algumas se deslocam por mais de 30 mil quilômetros por ano.


                                      Foto arquivo do PNLP